Organização doméstica

Arquitetura

Como limpar corretamente os metais do seu banheiro e cozinha

Sharon Abdalla
Sharon Abdalla
26/06/2020 20:56
Thumbnail

Foto: Bigstock

Em tempos de pandemia, a rotina e os cuidados em relação à limpeza são ainda mais indispensáveis. E quando se fala nos metais, não é diferente. Afinal, eles estão entre os itens da casa que mais são tocados, tanto para que se realize a higiene pessoal quanto a doméstica.
Por isso, e também para garantir a durabilidade e beleza das peças, a recomendação dos especialistas é a de que elas sejam limpas diária ou semanalmente. Segundo eles, isso garante a remoção da sujeira, vírus e bactérias que possam se acumular sobre as superfícies, sem que se danifique os metais.
"Os metais podem sofrer desgastes decorrentes da umidade do ambiente e da gordura do corpo [no caso dos banheiros] que se acumulam sobre eles. A limpeza semanal mantém o brilho deles", orienta Irene de Oliveira Simão, gestora da unidade Portão/Batel da Maria Brasileira, empresa que oferece serviços de limpeza doméstica. "No banheiro, o maior inimigo das peças de metal é o calcário presente na água porque, quando ele seca, fica sobre a superfície e oxida as peças, por isso surgem as manchas brancas", complementa João Pedro Fidelis Lucio, coordenador da área técnica da marca.
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

Como limpar?

Para realizar a limpeza, a tradicional mistura de água e sabão neutro é suficiente. Basta aplicá-la com uma esponja ou pano com fibras macias sobre as peças, esfregando suavemente, enxaguar com água e secar com uma flanela - ela contribui para a manutenção do brilho da peça.
Nos banheiros, se o desejo é potencializar a limpeza, após a solução com sabão pode-se aplicar sobre os metais uma mistura de água com desinfetante (com ação bactericida). A diluição recomendada é de 200 ml de desinfetante para 300 ml de água, segundo Lucio.
O cuidado, aqui, fica para o uso de produtos que levam cloro na composição, como a água sanitária. "Dependendo da especificação [do produto], o cloro pode danificar o metal", alerta Thiago Silva, sócio-fundador da Clean House, que também atua na prestação de serviços de limpeza.
Vale lembrar que, além das torneiras, registros e válvulas, os acessórios, como toalheiros e porta-papel higiênico também precisam ser limpos com a mesma frequência.

Adeus, gordura!

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock
Na cozinha, a gordura é a principal inimiga dos metais. Além da mistura de água e sabão neutro, nela também é possível apostar nos saponáceos como forma de garantir uma limpeza eficiente.
"O ideal é sempre optar por saponáceos líquidos, uma vez que os em pó tem textura esfoliante [e podem riscar a peça]. Limpadores multiuso não são recomendados, pois tem uma camada levemente alcalina [o que pode danificar os metais], lembra o coordenador da área técnica da Maria Brasileira. A dica vale especialmente para as coifas, que podem ser limpas semanal ou quinzenalmente.

Enquete

Você sabe quais são as vantagens de contratar um projeto de arquitetura para sua obra de reforma ou construção?

Newsletter

Receba as melhores notícias sobre arquitetura e design também no seu e-mail. Cadastre-se!